Site da USP
Escola Politécnica Universidade de São Paulo PTR - Departamento de Engenharia de Transportes
FacebookTwitterGoogle PlusYoutube

Defesas Agendadas


2020


DEFESA DE MESTRADO

Candidata: Tamara Barbosa Gaspar

Orientadora: Profa. Dra. Mariana Abrantes Giannotti

Título: Análise da relação entre bem-estar e transporte no município de São Paulo”

 

RESUMO
O presente trabalho tem como objetivo analisar a relação entre a qualidade do transporte e o bem-estar subjetivo das pessoas, tendo como referência o estudo de caso do município de São Paulo.

A partir da base de respostas da Pesquisa IRBEM – Indicadores de Referência de Bem-estar no Município – , com análises de correspondência entre diversas perguntas relacionadas ao bem-estar e a percepção quanto ao transporte no município, observou-se uma associação positiva nos aspectos relativos a qualidade dos serviços de transporte e a satisfação com a própria qualidade de vida.

Para alguns aspectos relativos à qualidade do transporte, foram feitas análises considerando dados de operação dos ônibus e da Pesquisa Origem Destino do Metrô de 2017, a partir dos quais é possível analisar sua distribuição espacial no município. São
eles: percepção de tempo de deslocamento, percepção de tempo de espera do ônibus e percepção do custo da tarifa de transporte público.

Este estudo conclui que a qualidade do transporte é um dos fatores que impactam o bem-estar subjetivo e que, devido as suas características desiguais no território de São Paulo, há locais com fatores relacionados ao transporte que favorecem
a satisfação com a vida (em geral localizados em áreas centrais) e locais em que estes elementos desfavorecem o bem-estar(regiões mais periféricas da cidade).

 

COMISSÃO JULGADORA

Prof.ª Dr.ª Mariana Abrantes Giannotti PTR-EPUSP Doutora

Prof.ª Dr.ª Flávia da Fonseca Feitosa UFABC Doutora

Prof.ª Dr.ª Rubia Gomes Morato FFLCH-USP Doutora

Data: 26/11/2020 – quinta-feira

Horário: 14h00

Local: Defesa Virtual via Google Meet: https://stream.meet.google.com/stream/6565ed34-003c-4c3a-912d-de4761bc913f

 


DEFESA DE MESTRADO

Candidata: Marina Frederich de Oliveira 

Orientadora: Profa. Dra. Kamilla Vasconcelos Savasini

Título: “Análise de Durabilidade e textura superficial em restaurações de camada de rolamento de pavimentos asfálticos”

RESUMO

Uma estrutura de pavimento deve ser dimensionada de modo a garantir trafegabilidade, segurança e conforto aos usuários da via. A garantia destes três parâmetros deve ser assegurada sob a ação do tráfego e das condições climáticas a que a rodovia é exposta. A falta ou inadequada manutenção da estrutura, pode acelerar o desenvolvimento de defeitos na estrutura, especialmente fadiga e deformação permanente. A evolução destes defeitos torna necessária a restauração da rodovia, de modo que a nova camada de revestimento asfáltico garanta a trafegabilidade. O processo de restauração conta com etapa de projeto, onde são selecionados os materiais e realizada a dosagem e dimensionamento; e de execução, onde ocorre a usinagem (sujeita a erros de teor de ligante e granulometria) e compactação da camada (diretamente ligada ao volume de vazios da camada final). Ambas as etapas precisam ser eficientes para que o revestimento não volte a apresentar os defeitos precocemente. Além disso, outro fator que pode comprometer a segurança dos usuários da via é a textura superficial da camada, responsável pela aderência entre pneu e pavimento, também influenciada pelas características da mistura. Assim, este estudo analisou o efeito da variação da distribuição granulométrica e do volume de vazios de misturas asfálticas quanto ao comportamento mecânico e à textura superficial, tanto em laboratório quanto em campo. Foram consideradas quatro granulometrias (contínua, semi-descontínua, descontínua e aberta), e duas volumetrias para as granulometrias contínua e descontínua. Em laboratório, as misturas foram caracterizadas quanto às propriedades viscoelásticas lineares, comportamento quanto à deformação permanente e à fadiga, macrotextura e microtextura. A análise laboratorial contou também com estudo do processo de compactação das amostras, propondo um novo método com vibração. Em campo, o monitoramento dos trechos experimentais foi feito com extração de corpos de prova de pista, utilizados para caracterização de rigidez e da estrutura interna; e com levantamentos deflectométrico e de defeitos. Verificou-se que o processo de compactação interfere no comportamento mecânico quanto à deformação permanente e à macrotextura das amostras. A rigidez de misturas compactadas em laboratório e de amostras extraídas de pista evidenciam pouca variação de acordo com as mudanças de granulometria e volumetria estudadas. A microtextura também não foi afetada por essas variáveis. Todas as misturas apresentaram comportamento adequado em laboratório quanto à deformação permanente, como indicado pela metodologia FAD, apesar de serem consideradas inadequadas pelo método Bailey. O teor de ligante asfáltico apresentou maior influência nos resultados de fadiga do que a granulometria das misturas. Em campo, foi encontrada forte relação entre teor de ligante asfáltico e afundamento de trilha de roda. A mistura semi-descontínua apresentou suscetibilidade à ocorrência de trincas. Foi ainda observada relação entre descontinuidade da granulometria e mudança da macrotextura com a ação do tráfego.

 

COMISSÃO JULGADORA

Profa. Dra. Kamilla Vasconcelos Savasini – PTR/EPUSP – Associada

Prof. Dr. Jorge Augusto Pereira Ceratti – UFRJ – Titular

Prof. Dr. Glauco Tulio Pessa Fabbri – EESC/USP – Doutor

Data: 27/11/2020 – sexta-feira

Horário: 9h30

Local: Defesa Virtual via Google Meet: https://meet.google.com/osc-igie-sby

ATENÇÃO! A entrada na sala de defesa somente será permitida até 10 minutos antes do início a fim de não atrapalhar a apresentação da candidata. Todos, exceto candidata e membros da comissão julgadora, devem manter seus microfones e câmeras desligados durante toda sessão.