Site da USP
Escola Politécnica Universidade de São Paulo PTR - Departamento de Engenharia de Transportes
FacebookTwitterGoogle PlusYoutube

LTG

Laboratório de Topografia e Geodesia

 

O LTG – Laboratório de Topografia e Geodesia, inicialmente, chamado de Laboratório de Topografia,  é o laboratório mais antigo do Departamento de Engenharia de Transportes. O fundador da Escola Politécnica, Antonio Francisco de Paula Souza, desenvolveu a topografia e introduziu novos processos no país como fotogrametria e taqueometria, escrevendo o primeiro livro sobre o tema no Brasil.

O LTG realiza pesquisas em diferentes áreas relacionadas a informações espaciais, dentre as quais pode-se destacar: a) Calibração e classificação de equipamentos topográficos e geodésicos; b) Aplicação da tecnologia GNSS no posicionamento e no controle de deslocamento em grandes estruturas de engenharia, mantendo em operação uma estação de monitoramento contínuo no campus da USP em São Paulo; c) Geodésia e Topografia de precisão (GPS, nível eletrônico, distanciômetro eletrônico) para monitoramento de estruturas civis; d) Gravimetria aplicada ao cálculo e à determinação das alturas geoidais e do modelo geoidal; e) Estudo, avaliação e estabelecimento de referenciais altimétricos globais; e f) Cartografia digital e Modelo digital do terreno para apoiar projetos de engenharia.

 

Professores:

Edvaldo Simões da Fonseca Junior (Coordenador) – 3091-5180 – edvaldoj@usp.br

Jorge Pimentel Cintra – 3091-5620 – jpcintra@usp.br

Flávio Guilherme Vaz de Almeida Filho – 3091-5448 – flaviovaz@usp.br

Denizar Blitzkow – 3091-5501 – dblitzko@usp.br (Professor Colaborador)

>>> Home Page do Laboratório <<<

 

Funcionários:

Adalberto M. Mariano (Técnico em Informática)

Arildo Fernandes de Morais (Técnico de Laboratório)

 

Endereço:

Av. Professor Almeida Prado, 83
Travessa 2 – Ed. Engenharia Civil Sala 01
Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – Campus Butantã
São Paulo, SP CEP: 05508-070

Telefones: (11) 3091-5180 | (11) 3091-5482

 

Algumas pesquisas desenvolvidas pelo laboratório:

Navegação autônoma de veículos terrestres

Coordenação: Edvaldo Simões da Fonseca Junior

A pesquisa tem como principal objetivo avaliar as diferentes técnicas de posicionamento para que seja possível utilizá-las em veículos autônomos. Por outro lado, também deverão ser avaliadas outras técnicas de posicionamento que permitam a integração com o GNSS e que melhorem o posicionamento do veículo autônomo.

VeiculoAutonomo PTR


Determinação de modelos geoidais: regional, nacional e continental

Coordenação: Denizar Blitzkow

O conhecimento da separação da superfície geoidal e elipsoidal é indispensável na obtenção da altitude ortométrica a partir das observações de satélites artificiais (GNSS). A obtenção de modelos geoidais a nível continental, nacional e regional com uma resolução de 5′ constitui uma atividade no âmbito do Projeto de Gravidade e Geoide para a América do Sul.

Modelos Geoidais

Modelo geoidal para América do Sul (GEOID2015), que está disponibilizado no
International Service for the Geoid (ISG) e no IBGE. A área em amarelo representa o MAPGEO2015

É viabilizado através de acordos de cooperação da Escola Politécnica da USP com a Fundação IBGE, GETECH (Reino Unido), o NGA (Estados Unidos da América) e com organizações da Argentina, Chile, Uruguai, Equador, Colômbia e Venezuela.

Diferentes informações estão sempre sendo coletadas e compiladas para atingir o objetivo, como: dados gravimétricos, observações GPS sobre a rede de nivelamento geométrico, modelo digital do terreno (DTM) e modelo do geopotencial. Foram apresentadas várias versões da carta geoidal do continente sulamericano, sendo a mais recente em 2015 com resoluções de 5′. Este é o modelo oficial do novo referencial geodésico para o Brasil de responsabilidade do IBGE.

 


Medições absolutas de gravimetria

Coordenação: Denizar Blitzkow

 

Nos últimos anos foram estabelecidas uma rede no Estado de São Paulo (Brasil), na Argentina, na Venezuela utilizando o gravímetro absoluto A10 pertencente ao IGC (Instituto Geográfico e Cartográfico) e alocado no LTG sob cooperação com aquela instituição.

Estações Absolutas Grav

Estão em discussão campanhas no Equador, Paraguai, Costa Rica e Panamá.

 


Rastreamento de veículos com GNSS para a redução de emissão de GEE

Coordenação: Flávio Guilherme Vaz de Almeida Filho

 

A emissão de gases causadores do efeito estufa (GEE) pelo setor de transporte tem grandes impactos ambientais. A tecnologia de posicionamento por satélites artificiais GNSS pode contribuir para uma análise da dinâmica da movimentação do veículo.

Rastreamento Anti GEE

Assim, uma análise detalhada desta dinâmica permite uma nova abordagem nos quesitos logísticos e operacionais da frota visando a redução das emissões.